Portal da Horticultura


Dengue: a conscientização é a solução!



De acordo com o levantamento de dados e de informações no DICOE (Divisão de Controle de Endemias) pode- se constatar, a dificuldade da fundação nacional de saúde, para realizar o trabalho de controle e combate da dengue. Essa dificuldade é proveniente de vários fatores,o principal, é a falta de conscientização da população a respeito do seu papel de cidadão, pois se uma pessoa em um determinado bairro não toma as devidas precauções para evitar a postura de ovos, várias pessoas desse bairro podem se contaminar.

Mas. esse problema não vem de agora, antigamente a fundação,nacional de saúde tinha uma postura paternalista em relação à população, pois o agente chegava nas casas e virava as garrafas de cabeça para baixo, esvaziava pratinhos de plantas etc... O cidadão brasileiro se acomodou com essa situação e não se preocupou mais com a prevenção da proliferação dos vetores de endemias.

Como já foi dito, a falta de conscientização é o maior problema encontrado para combater a dengue, pois em uma cidade como Dourados (MS) onde existem 49.852 residências, 6.121 comércios, 5.967 terrenos. baldios de em média 360 metros quadrados, e 90% dos focos de dengue estão dentro das casas e quintais, é humanamente impossível, por parte da secretaria de saúde, a prevenção e o combate desses focos.

Mas para esse trabalho de conscientização, necessita-se antes da conscientização por parte do poder público, que parece ser o mais alheio a, essa questão.

João Ricardo O. Silva