Portal da Horticultura


Propagação da rosa por estaquia.

 

 


O enraizamento por estacas é a forma mais antiga para a propagação das rosas. Pode ser feita em qualquer época do ano, mas após a queda das flores ainda é a melhor fase para retirar as estacas.

 



A parte mais fácil de enraizar da rosa é a ponta de hastes que terminaram de florescer. As estacas deverão ter de 6 a 8 cm e cortadas da planta mãe com uma faca afiada ou tesouras poda  em ângulo de 45 graus, com pelo menos duas a três gemas (bud). É importante que as estacas não fiquem secas ou expostas a extremos de calor ou frio, pelo menos até que sejam colocadas no meio de enraizamento.

 

O uso de hormônios para enraizamento aumenta a percentagem de raízes, mas não é necessária para o sucesso para o pegamento das estacas.

 

As estacas devem ser desinfectadas a fim de se evitar o aparecimento de doenças, para isso pode ser usado o hipoclorito de sódio ( 30ml para 1 litro de água), as estacas devem ficar imersas nesta solução por pelo menos 5 minutos, em seguida lavadas em água corrente para a retirada do excesso de hipoclorito.

 

De acordo com pesquisas na Ohio State University, quaisquer espécies de Salix, contêm substâncias que podem induzir o enraizamento e evitar "damping off" ou cancro em outras plantas. Esta substância pode ser removida a partir da madeira e usado para melhorar a porcentagem de enraizamento de estacas.

As estacas devem ser protegidas das altas temperaturas e da luz solar direta. Também deve-se ter o cuidado de manter a umidade das estacas elevada. O substrato deve ser uma mistura de areia ou solo arenoso, deve ter 1/3 de composto ou matéria orgânica.

 

As folhas na metade inferior da estaca devem ser removidas, mas as da parte superior devem ser deixadas. As estacas devem ser colocadas em recipiente adequado para evitar o ressecamento do substrato.

 

Outros métodos incluem colocar as estacas em um vaso de plástico de tamanho médio e coberto por um plastico transparentes, isso irá manter a umidade constante no interior do saco, enquanto as raízes estão crescendo. Também pode ser utilizado, um frasco de vidro que é colocado sobre as estacas plantadas para manter as plantas úmidas enquanto se desenvolvem. Deve-se ter o cuidado para não deixar que o sol direto não superaqueça o conteúdo do frasco.

 

É importante no início do período de enraizamento que as estacas não ressequem, pode ser necessário manter regas constantes em épocas secas. Em épocas de muito frio é necessário proteger as estacas, principalmente do risco de geadas.

 

Após um ou dois meses depois de colocado no substrato, as estacas começarão a desenvolver os calos. É um inchaço na ponta do corte e de outras áreas onde vão se desenvolver as raízes. As plantas jovens são extremamente vulneráveis ao estresse hídrico ou de altas temperaturas, o controle desses fatores são necessários para o desenvolvimento de um bom sistema radicular.

Após o bom enraizamento das plantas jovens, devem estar prontas para irem para um lugar definitivo. Elas são pequenas, mas a maioria das variedades crescem rapidamente e irão produzir uma grande quantidade de flores na próxima Primavera.